o primeiro ano de toda a felicidade

Este novo mundo tecnológico veio para ficar e, com ele veio a era digital e as milhares de fotografias dos miúdos. Então do primeiro filho, acho que cresce o número substancialmente em relação ao segundo. Não é por desleixo ou desamor é mesmo porque os trabalhos dobraram, as preocupações aumentaram e sobretudo, o tempo para essas coisas diminuiu. No entanto, é importante que o mais novo não fique esquecido. 

Organização com crianças #2

A semana passada falei-vos sobre rotinas. O quão é importante para a organização de uma família, nomeadamente daquelas que têm crianças, ter algumas coisas organizadas, nomeadamente as refeições. Hoje, é a vez do orçamento familiar. Por cá não é fácil. Apenas um recebe um ordenado fixo. O outro, como é freelancer, há meses que recebe, mas também há meses que não vê cêntimo, por isso, não contamos com ele para a contabilização geral do mês.

Organização com crianças #1

Organização com crianças #1

Eu confesso que sou naturalmente desorganizada. Ou melhor, sou organizada na confusão. Que é bem diferente! Uma pessoa desorganizada não sabe o que tem, onde tem e, normalmente, vive num caos. Depois há aquele tipo de pessoa que arruma tudo e não sabe onde põe nada (o caso do meu marido!). E depois o tipo de pessoa – o meu- que pode não ter um sítio específico para as meias xpto, para os clips aos corações e para os pensos higiénicos diários sem-abas-com-superabsorção-e-mais-não-sei-o-quê, mas sabe exatamente onde está tudo. Depois de ser mãe pela primeira vez continuei um registo deixa-andar,...

Cartas ao Pai Natal (com printables)

O Natal está a chegar e as cartas de todas as crianças dirigidas ao sr. de barbas brancas começam a ser escritas. Cá em casa, o P. vai fazer a sua primeira carta hoje. Está muito entusiasmado com a ideia de pedir os presentes. Sabe que o Pai Natal é uma pessoa muito ocupada e que não pode pedir muita coisa, porque tem de fabricar as prendas para todos os meninos do mundo! (quem me dera que todos as crianças pudessem receber alguma coisa de bom neste dia). Mas depois? O que fazer com as cartas?! Acho que o Pai Natal...

Há coisas que me tiram mesmo do sério! #2

O meu filho adora cozinhar. Adora ajudar-me, dentro das limitações de uma criança de 3 anos, nalgumas tarefas que uma casa precisa. Põe a mesa todos os dias em que não está mal disposto; põe a roupa suja no cesto da roupa para lavar; gosta de brincar aos restaurantes e ao faz-de-conta. A única coisa que não gosta é de comer a sopa sozinho. O que me tira mesmo do sério é

instagram @bea.bond

This error message is only visible to WordPress admins

Error: There is no connected account for the user 2267436826 Feed will not update.