Cartas ao Pai Natal (com printables)

O Natal está a chegar e as cartas de todas as crianças dirigidas ao sr. de barbas brancas começam a ser escritas. Cá em casa, o P. vai fazer a sua primeira carta hoje. Está muito entusiasmado com a ideia de pedir os presentes. Sabe que o Pai Natal é uma pessoa muito ocupada e que não pode pedir muita coisa, porque tem de fabricar as prendas para todos os meninos do mundo! (quem me dera que todos as crianças pudessem receber alguma coisa de bom neste dia). Mas depois? O que fazer com as cartas?! Acho que o Pai Natal...

Há coisas que me tiram mesmo do sério! #2

O meu filho adora cozinhar. Adora ajudar-me, dentro das limitações de uma criança de 3 anos, nalgumas tarefas que uma casa precisa. Põe a mesa todos os dias em que não está mal disposto; põe a roupa suja no cesto da roupa para lavar; gosta de brincar aos restaurantes e ao faz-de-conta. A única coisa que não gosta é de comer a sopa sozinho. O que me tira mesmo do sério é

O nosso calendário de advento!

  Todos os anos em miúda era assim: a mãe comprava-nos um calendário de advento no dia 1 de Dezembro. Dia 5, os chocolates estavam comidos, mas as “janelinhas” continuavam fechadas. Hoje, sou eu a mãe. E tenho a certeza que caso comprasse um calendário de advento convencional, iria acontecer a saga da minha infância novamente. Decidi, então, fazer o nosso próprio calendário de advento. Mas, numa das minhas conversas diárias com a minha cunhada C., ela referiu que faz um calendário interativo. Todos os dias têm uma atividade para lembrar aos miúdos que época estamos a viver. E eu, copiei (shame on me!). Acho...

Há coisas que me tiram mesmo do sério!

Há coisas que me tiram mesmo do sério!

Importamos tudo. O Dia de S. Valentim, o Halloween e umas tantas festas por ano. Importamos os hambúrgueres, a comida rápida, os shakes, smoothies e tantos outros hábitos pouco saudáveis. Esquecemo-nos de importar a melhor coisa que a América tem – o Dia de Ação de Graças. E não estou a falar de hábitos religiosos. Nem tão pouco das mesas fartas e do feriado (não é que eu não achasse piada! :P) Estou a falar da reunião familiar. O reunir os amigos à mesa. O facto de se agradecer aquilo que temos, pelos objetivos que alcançamos e pelo amor que...

Quero deixar um mundo melhor para eles!

Quero deixar um mundo melhor para eles!

Um dia, quando os meus filhos forem adultos quero ter a consciência tranquila. Quero ter a sensação de dever cumprido e que fiz tudo o que podia para lhes deixar um mundo melhor. Não podemos assobiar para o lado ou pensar que ”ah se os outros não fazem, porque tenho eu de fazer?” E, no ambiente bem como todas as questões educacionais, tudo começa em casa. Faço reciclagem. Guardo o óleo e azeite usado numa garrafa de plástico/garrafão para depois levar a um oleão (a cerca de 2 km de casa!). Não deito equipamentos elétricos, pilhas e lâmpadas no lixo normal ou indiferenciado. Só...

instagram @bea.bond

This error message is only visible to WordPress admins

Error: There is no connected account for the user 2267436826 Feed will not update.